«Cada ratinha tem o seu mistério e desvendar uma não quer dizer que percebemos o mistério total», Puchkine, Diário Secreto
sábado, julho 08, 2006,9:44 da tarde
Alles Deustschland


Foram germânicos na sua mais pura essência. Eficazes e concretos.
Chega, pois, a hora de reflexão do Mundial das estatísticas, onde em todo e qualquer jogo eram apresentadas as mais idiotas estatísticas: quantas vezes tinha ganho uma equipa, quantas vezes a outra, quantos golos em mundiais, quantos foras de jogo no último mundial, quantas internacionalizações de um jogador, quantas fintas, passes, troca de calções e entradas ao minuto 69.
Claro que a isto associo inevitavelmente como o Mundial de todas as bacoradas graças à verdadeira horde de comentadores a quem lhes era deixado dizer o que lhes apetecia sem qualquer tipo de castigo: Não é bombeiro para todos estes incêndios; Defesa activa; Futebol directo; entre muitas outras.
O Terreiro do Paço é efectivamente pequeno para queimar toda esta gente.
Depois há ainda a mediatização da coisa, onde quem não demonstrasse grande entusiasmo pela selecção era tido como anti-patriota. Será que os que demonstram paixão pela selecção são verdadeiramente patriotas?
Já agora e uma última questão neste pesadíssimo post: Porque é que o Nuno Gomes não joga mesmo?
 
posted by magnuspetrus
Permalink ¤