«Cada ratinha tem o seu mistério e desvendar uma não quer dizer que percebemos o mistério total», Puchkine, Diário Secreto
quinta-feira, julho 27, 2006,5:20 da tarde
Atraso
O comum dos mortais que sobreviveu aos loucos dias do PREC costuma dizer que uma das razões do atraso do país é o atraso das pessoas.
Entenda-se este atraso como algo inerente à lusa condição, de não se conseguir nem aceitar as brilhantes ideias de outros países, nem de conseguir chegar a horas onde quer que seja ou começar uma sessão de cinema ou um concerto à hora marcada.
Mas eu não sou fundamentalista. Nisto, pelo menos.
Se combino um qualquer encontro, levo um livro comigo (abençoados livros de bolso!) e caso se verifique qualquer tipo de atraso, agradeço e leio. A leitura é geralmente um bom tópico de começo de conversa ao contrário de um:
-Já vens atrasado, sabes?
- Desculpa lá, pá, mas...
e a seguir começa-se a discutir o tenebroso sistema de transportes públicos nacionais que nos fazem chegar sempre mas sempre atrasados e que só atrasam o país.
 
posted by magnuspetrus
Permalink ¤