«Cada ratinha tem o seu mistério e desvendar uma não quer dizer que percebemos o mistério total», Puchkine, Diário Secreto
sexta-feira, agosto 04, 2006,12:21 da manhã
Livro da semana

Pois é.. Como prometido, aqui fica expresso o meu aprezo pelo segundo classificado de uma dessas polls que costumam aparecer por aí nestes turvos caminhos da net.
Pois tenho a dizer que o melhor escritor judeu (como costuma ser apelidado, embora renegue esse título) elaborou um romance impressionantemente inteligente, que exige do leitor um background cultural razoável. Claro está que me refiro às referências que faz a Hawthorne e a Thoreau, assim como a especificidades da sociedade americana. Mas mesmo para quem não as percebe, o romance continua a ser um bom romance.
Acho que daqui a 20 anos, caso ainda esteja vivo e tenha vista, vou lê-lo novamente e gostar ainda mais.
De certeza absoluta.
 
posted by magnuspetrus
Permalink ¤