«Cada ratinha tem o seu mistério e desvendar uma não quer dizer que percebemos o mistério total», Puchkine, Diário Secreto
sexta-feira, outubro 27, 2006,8:50 da manhã
Livro da semana

Não sei como me fui esquecer que ontem era dia de livro da semana, mas aqui fica um dos dois publicados em Portugal do mais recente nobeliárquico.
Neste livro, onde o Eu (que só por acaso é o narrador) é vítima de uma mutação interessantíssima com o outro numa lógica quase modernista.
A verdade é que do desgrado inicial, dei por mim completamente absorvido na narrativa do senhor turco que ainda este ano esteve preso, ganhando, assim, direito ao seu Nobélio. Nada como uma boa polémica para se ser projectado no mundo.
E o senhor Pamuk foi. E ganhou.
E a entrada da Turquia na UE tornou-se ligeiramente mais difícil por causa de um dos mais ocidentais escritores daquela zona.
 
posted by magnuspetrus
Permalink ¤