«Cada ratinha tem o seu mistério e desvendar uma não quer dizer que percebemos o mistério total», Puchkine, Diário Secreto
quinta-feira, novembro 16, 2006,10:09 da manhã
Livro da Semana

Esta semana surge um daqueles escritores que sempre me tinha recusado terminantemente em ler. Mr. Paul Auster.
A verdade é que este livro já andava a pulular lá por casa há coisa de um ano e nunca me tinha dado para o ler. Mas como o Advento está aí à porta, resolvi encher-me de fé e lê-lo.
Confesso que depois do ritmo alucinante da escrita do Gonçalo M. Tavares, este romance pareceu-me inicialmente denso, com uma narrativa pesada, que parece tornar-se mais desenvolta à medida que nos vamos embrenhando na trama.
Paul Auster pega numa daquelas falhas da histórias, neste caso o mistério em redor do actor de cinema mudo Hector Mann que desapareceu misteriosamente e recria a realidade, um pouco à semelhança do que fazem outros autores norte-americanos, como Philip Roth.
No fundo, é uma leitura agradável. Nada de fabulosamente extraordinário, mas sim uma leitura agradável.
Se calhar até volto a ler mais alguma coisa dele.
 
posted by magnuspetrus
Permalink ¤