«Cada ratinha tem o seu mistério e desvendar uma não quer dizer que percebemos o mistério total», Puchkine, Diário Secreto
quinta-feira, novembro 30, 2006,8:58 da manhã
Livro da semana

Inevitável, dirão.
Pois claro!
Rui Tavares apresenta um romance histórico que foge do convencional, pois ainda agora não sei se se poderá apelidar de romance (devia ter estado com mais atenção às aulas de Teoria da Literatura). Dados curiosos misturam-se com outros verdadeiramente assombrosos e escabrosos (dada a dimensão e impacto dos números) numa escrita incrivelmente atractiva e que nos faz mergulhar num conjunto de conjecturas (isto tem um nome de figura de estilo) .
Para concluir, confesso que a minha percepção da Baixa mudou para todo o sempre.
 
posted by magnuspetrus
Permalink ¤