«Cada ratinha tem o seu mistério e desvendar uma não quer dizer que percebemos o mistério total», Puchkine, Diário Secreto
domingo, novembro 26, 2006,9:06 da tarde
O Perfume

Como qualquer bom que se preze, lá fui ver o Perfume a fim de o poder comparar com o livro.
É inevitável.
Fazendo eu parte daquela geração que cresceu com o mito do Perfume enquanto livro preferido de Kurt Cobain, não podia ter perdido isto.
Não está nem mau nem bom.
É um daqueles filmes que é o fiel espelho do livro, tendo o devido mérito por isso mesmo.
Excelente interpretação do rapazinho que faz de assassino e que ainda não me dei ao trabalho e honestidade intelectual de ir ver quem é.
 
posted by magnuspetrus
Permalink ¤